CNAES

CNAES

 

Habilitações de Acesso
Podem candidatar-se ao ensino superior os estudantes que tenham aprovação num curso de ensino secundário (titulares do 12.º Ano) ou habilitação legalmente equivalente, tenham realizado as provas de ingresso exigidas pelo estabelecimento de ensino superior obtendo uma classificação igual ou superior à classificação mínima por ele fixada, satisfaçam os pré-requisitos, caso sejam exigidos para esse curso no estabelecimento de ensino superior e tenham uma nota de candidatura igual ou superior ao valor mínimo fixado pela instituição de ensino superior.

Provas de Ingresso
Os candidatos ao Mestrado Integrado em Medicina Veterinária têm que realizar no ano em que se candidatam*, as provas de ingresso de Biologia e Geologia (02) e de Física e Química (07). A classificação mínima nas provas de ingresso é de 120 pontos (a classificação final do curso do ensino secundário é calculada, até às décimas, sem arredondamento, e convertida para a escala de 0 a 200).

Nota de candidatura (Fórmula):
Classificação final do ensino secundário - 50%;
Classificação das provas de ingresso - 50%;
* Os exames nacionais podem ser utilizados como provas de ingresso no ano da sua realização, bem como nos dois anos subsequentes

Pré-Requisito
O pré-requisito para o acesso ao Mestrado Integrado em Medicina Veterinária é o Grupo B-Comunicação Interpessoal (ausência de deficiência psíquica, sensorial ou motora que interfira gravemente com a capacidade funcional e de comunicação interpessoal a ponto de impedir a aprendizagem própria ou alheia).
Forma de comprovação: Atestado médico, nos termos do anexo IV da Deliberação nº 1494/2003, comprovativo de que satisfaz o pré-requisito, a entregar no ato da matrícula e inscrição no ensino superior, no estabelecimento/curso que o exige, caso ali venha a obter colocação, sendo condição indispensável para a realização da referida matrícula e inscrição.

Candidatura
O ingresso no ensino superior público realiza-se através do concurso nacional de acesso organizado pela Direção Geral do Ensino Superior ou através dos concursos especiais de acesso e ingresso no Ensino Superior. O processo e prazos de candidatura são definidos anualmente pelo Ministério da Educação. Para mais informações consultar www.dges.mctes.pt.