Laboratório de Reprodução Animal

Laboratório de Reprodução Animal

O Laboratório de Reprodução Animal – LabRepA – é a unidade de prestação de serviços em biotecnologia e medicina da reprodução animal da Faculdade de Medicina Veterinária da Universidade de Lisboa (FMV-ULisboa). Os serviços especializados disponibilizados à comunidade resultam da experiência profissional adquirida, alicerçada na investigação científica, inovação e desenvolvimento tecnológico e articulada com a atividade docente. Neste contexto, a equipa do LabRepA é responsável pelo ensino das unidades curriculares relativas à reprodução animal, orientação de estudantes de pós-doutoramento, doutoramento e mestrado, e lidera o Laboratório de Reprodução e Desenvolvimento do CIISA (Centro de Investigação Interdisciplinar em Sanidade Animal), o centro de investigação da FMV-ULisboa.

Os serviços prestados à comunidade incluem a medicina da reprodução de animais de companhia, equinos e ruminantes, incluindo técnicas complementares de diagnóstico (ecografia, endoscopia, citologia, biópsia), a biotecnologia da reprodução (inseminação artificial, produção e transferência de embriões, banco de germoplasma), o diagnóstico laboratorial (endocrinologia e deteção de agentes infeciosos), a formação pós-graduada e a consultoria. No caso dos animais de companhia, os utentes são sobretudo direcionados do Hospital Escolar e criadores, enquanto no caso dos equinos e ruminantes, os serviços são essencialmente sob a forma de consultas de referência (casos e pacientes referidos por colegas).

Os serviços de biotecnologia e medicina da reprodução em animais de companhia, equinos e ruminantes é realizada mediante marcação (animais de companhialmateus@fmv.ulisboa.pt; 213602050; equinos e ruminanteslabrepa@fmv.ulisboa.pt; 213652825). Veja a listagem de serviços disponíveis aqui (animais de companhia; equinos; ruminantes).

O diagnóstico laboratorial considera duas vertentes:

  1. A) a endocrinologia (contacto – lmateus@fmv.ulisboa.pt; análises disponíveis e a folha de requisição de análises);
  2. B) a deteção de doenças infeciosas de origem viral, bacteriana ou parasitária, com impacte negativo na fertilidade individual e eficiência reprodutiva de explorações pecuárias, especialmente nas espécies de ruminantes (bovinos, ovinos e caprinos) de aptidão leiteira e de carne (contacto – reprodiagnostico@fmv.ulisboa.pt ; análises disponíveis e obtenha a folha de requisição de análises que deve acompanhar as amostras).